Barreado

Zabaione Frio no Sifão ISI
24 de abril de 2009
Nitro Caipirinha
26 de abril de 2009
Mostrar todos

Barreado da casa!

dsc020401

Uma das melhores coisas da vida é receber amigos! Bons amigos sempre deixam boas lembranças!

Um sábado lindo em Curitiba e recebi pessoas muito queridas, para apreciarem um prato querido da minha terra, o Barreado. Comida primitiva (não respeita o tempo de cozimento de nenhum ingrediente), o Barreado é delicioso!

Daquelas comidas que te dão um certo trabalho no pré-preparo, mas que te deixam à vontade depois para colocar toda a conversa em dia!

BARREADO DA CASA

A origem do Barreado, contada por gerações, é que há mais de 200 anos, quando filhos de índios com portugueses iam à vila levar os produtos da lavoura de seus patrões, ficavam para almoçar e lhes era servido uma carne cozida muito saborosa.

Eles levaram a idéia para o sítio em que moravam; assim quando os patrões iam visitar aa plantações, eles ofereciam aquele prato, feito com carne de peito, toucinho e todos os temperos disponíveis. Deixavam cozinhar por horas em panelas de barro, para amolecer bem a carne.

Com o tempo notaram que a carne secava muito rápido, pois o calor fugia pela tampa da panela. Resolveram sapecar uma folha de bananeira, amarrar na boca da panela e, depois de colocar a tampa, barreavam com uma mistura meio mole de farinha de mandioca, cinza e água, resultando o nome de Barreado.

Com o surgimento do Entrudo (precursor do Carnaval), festa que durava três dias de muito fandango, o Barreado era preparado. Por ser uma comida de poucos cuidados durante o preparo, as mulheres tinham mais tempo de brincar com seus parceiros, deixando o Barreado cozinhar por horas a fio…

dsc020305
Barreado da Casa  (6 pessoas)
2 kg de acém cortado em pedaços de 5 cm 1 colher de chá de pimenta-do-reino
1/2 Kg de cebola moída 1 colher de sopa de cominho
1/2 lata de purê de tomate 5 gotas de pimenta-malagueta
1 maço de cheiro-verde 250 g de bacon em cubinhos
2 folhas de louro 200 g de farinha de mandioca branca
1/2 copo de vinagre 1/2 Kg de arroz
1/2 cabeça de alho moída 5 bananas caturras maduras
Sal a gosto 2 litros de água mineral
Feito tradicionalmente em panela de barro, mas na panela de pressão é mais prático e rápido (em mais ou menos 2 horas está pronto).
Forre o fundo da panela com o bacon. Coloque a carne e demais ingredientes, com excessão é claro, da farinha, arroz e banana. Coloque para cozinhar na pressão, até a carne desfiar.
Para servir, faça um montinho de farinha no centro do prato e vá adicionando o caldo até obter um purê na textura desejada. Coloque a carne por cima. Sirva com arroz branco e banana caturra. De preferência, também acompanhado de uma boa cachaça.
dsc020441
dsc020452
O Barreado ficou maravilhoso! A sobremesa ficou por conta de minha amiga Larinha, que a passará logo para o OBA: uma Mousse de Chocolate… incrementada com o Zabaione Frio do post anterior!
dsc02048
Receber é sempre um grande prazer…Bons amigos então, nem se fala!!!!
Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

13 Comentários

  1. Lara disse:

    Como estamos em um ambiente gastronomico, vou restringir meu comentário ao barreado do Orlandinho…o mais saboroso, delicado e leve que já provei! Maravilhoso!! (como tudo! obrigada!!)

  2. Lara disse:

    MOUSSE DA DONA XIXINHA – A sobremesa, uma mousse de chocolate incomparável e indescritível, foi By Dona Xixinha, a doceira com a melhor mão do Sul do mundo (afinal, a sobremesa tinha q estar à altura da refeição!).
    Vou pedir a receita pra ela, e depois eu conto tbem o telefone pra encomendas, não só desta mousse mas de muitos outros doces divinos e do melhor pão de mel da história desse e de outros países!

  3. Luciana Brotto disse:

    Receita garantida, barreado maravilhoso, e olha que já provei muitos… ambiente descontraído, anfitriões impecáveis.Muito obrigada

  4. Gasparzinha disse:

    Que delícia! 🙂
    Conhecia o nome, mas não sabia como era o prato nem como se preparava.

    Duas dúvidas:
    – Tenho medo da panela de pressão e não uso.
    Feito num tacho de ferro fundido levará muito mais tempo?

    – A farinha de mandioca, sendo misturada no prato, não deixa uma textura areada ao molho da carne?

  5. […] Barreado é servido livremente, ao preço fixo por pessoa. Além de Barreado, a casa serve frutos-do-mar […]

  6. Cris Turek disse:

    Olá Orlando, estou escrevendo para dizer que citei a sua receita num post que escrevi sobre Morretes e o Barreado. Coloquei um link para meus leitores visitarem a sua página. Espero que goste.
    Um abraço,
    Cris Turek

  7. […] o pirão e comer com rodelas de banana. Mas a receita vocês conferem com detalhes acessando o Oba Gatronomia.Como vocês viram nas fotos acima, quando estivemos em Morretes, o Marcelo foi pego como cobaia […]

  8. […] Porções de tudo que se imaginar e pratos diários (além dos residentes da casa) deixam sua imaginação voar alto. Hoje (sábado), dia de Barreado, o prato típico do Paraná (a receita, você encontra AQUI). […]

  9. […] E o Barreado estava ótimo…para a receita, clique AQUI. […]

  10. […] foi dia de barreado por aqui. Como é normal acontecer com este tipo de comida, sempre acontecerá alguma sobra. […]

  11. […] Porções de tudo que se imaginar e pratos diários (além dos residentes da casa) deixam sua imaginação voar alto. Hoje (sábado), dia de Barreado, o prato típico do Paraná (a receita, você encontra AQUI). […]

  12. […] dos pescadores locais fazem a festa dos habitantes e turistas da simpática cidade. Assim como o Barreado, a caldeirada faz parte da cultura local. De preparo rápido e fácil, é um prato perfeito para […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *