Molho Alfredo di Roma

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

O Molho do Alfredo!

Em 1910, Alfredo di Lelio inaugurou um pequeno Bistrô em Roma: O “L’Originale Alfredo di Roma Ristorante“! A pequena casa logo agradou os fregueses habituais, pela qualidade de sua comida! Porém, um fato iria marcar para sempre a história do pequeno restaurante e colocá-lo dentro da história da Gastronomia mundial. Quando Inês, esposa de Di Lelio, deu a luz ao seu primogênito, este preocupado com a falta de apetite da esposa, cozinhou Fettuccine e serviu apenas com Manteiga e Parmeggianno ralado. Pronto, estava criado um dos molhos mais famosos para macarrão de todos os tempos. Logo incorporado ao cardápio do Bistrô, o prato começou a ganhar fama. O auge ocorreu quando Mary Pickford e  Douglas Fairbanks, estrelas do Cinema mudo, em Lua de Mel em Roma, encantados com o prato, presentearam a casa com um garfo e uma colher de ouro. Até hoje é privilégio de quem janta no Alfredo, em Roma, o mais idoso na mesa utilizar os talheres em ouro. 

Levada para o mundo inteiro, a receita passou por poucas alterações. Aqui no Brasil, na falta de uma Manteiga de melhor qualidade, foi incluído o Creme de Leite fresco (Nata), que é a receita que passarei hoje.

                                                                                MOLHO ALFREDO DI ROMA

Ingredientes:

 

  • 200g de Creme de Leite fresco 
  • 1/2 xícara (chá) de queijo Parmegianno ralado (aproximadamente 55 g)
  • 4 colheres (sopa) de manteiga picada (48 g)
  • Sal e grãos de pimenta do reino amassados a gosto

 

Modo de preparo:

 

  1. Coloque o Creme de Leite em uma tigela refratária ou de inox
  2. Leve ao fogo, em banho-maria (em uma panela com 1 litro de água)
  3. Deixe por 3 minutos, mexendo de vez em quando, ou até amornar
  4. Abaixe o fogo
  5. Acrescente, aos poucos, e sem parar de bater com um batedor manual o Queijo
  6. Coloque a Manteiga (pouco a pouco), batendo sem parar
  7. Coloque o sal a gosto e junte a pimenta-do-reino e retire do fogo 

 

Eu também coloquei uma pitadinha de Nos moscada. O Queijo tem de ser de ótima qualidade. Caso opte por um mais em conta, utilize um Grana Padano.

Talvez seja heresia, já que o Alfredo di Roma original deve ser feito com Fettuccine, no máximo com um Talharim… mas eu servi com um Capeletti (com recheio de carne) no domingo que me foi pedido um cardápio a base de massas. E ficou uma delícia, muito bom mesmo!!

dsc013211

Durante a semana retorno ao tema deste almoço: Massas.

Print Friendly

Posts Relacionados

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o Primeiro a Votar)
Loading...

6 Responses to Molho Alfredo di Roma

  1. Fabricio

    Fiz a receita, mas gratinei no forno antes de servir.
    Ficou muito bom excelente receita
    Parabéns

  2. joao aparecido da silva

    gostaria de aprender afazer o alfredo salsa comi em um restaurante bertuccis eu gostei a comida italiana e muito saborosa obrigado

  3. Camila

    Na minha receita nao coloco o creme de leite no banho maria, adiciono ele no final.
    Recomendo a Pimenta do reino!!! Fica muito bom!!!

  4. Alfredo e Ines Di Lelio

    HISTORY OF ALFREDO DI LELIO CREATOR OF “FETTUCCINE ALL’ALFREDO”
    We have the pleasure to tell you the history of our grandfather Alfredo Di Lelio, creator of this recipe in the world known.
    Alfredo di Lelio opened the restaurant “Alfredo” in Rome nel 1914, after leaving his first restaurant run by his mother Angelina Rose Square (Piazza disappeared in 1910 following the construction of the Galleria Colonna / Sordi). In this local spread the fame, first to Rome and then in the world, of “fettuccine all’Alfredo”. In 1943, during the war, Di Lelio gave the local to his collaborators.
    In 1950 Alfredo Di Lelio decided to reopen with his son Armando (Alfredo II) his restaurant in Piazza Augusto Imperatore n.30 “Il Vero Alfredo”, which is now managed by his nephews Alfredo (same name of grandfather) and Ines (the same name of his grandmother, wife of Alfredo Di Lelio, who were dedicated to the noodles).
    In conclusion, the restaurant of Piazza Augusto Imperatore is following the family tradition of Alfredo Di Lelio and of his notes noodles (see also the site of “Il Vero Alfredo” http://www.alfredo-roma.it/)

    It ‘s important to pay attention to restaurants “Alfredo” in Brazil that do not belong to the family tradition of “Il Vero Alfredo” of Piazza Augusto Imperatore in Rome.
    The esclusive restaurant in the tradition of “Il Vero Alfredo” of Rome is present in Salvador de Bahia.
    Best regards Alfredo e Ines Di Lelio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *