Tipos de saladas

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on PinterestEmail this to someone

Saladas

Até há bem pouco tempo, as saladas eram uma opção quase inexistente nos cardápios de bons restaurantes. Ficavam relegadas a um segundo plano, só eram apresentadas para consumo de forma simples. Eram apenas variações de folhas verdes, com o objetivo de auxiliar a digestão após o prato principal. Dois fatores foram determinantes para a salada ganhar destaque nos cardápios: primeiramente foi a nouvelle cuisine, que apresentava menus de até oito pratos (entre eles saladas muitissimo bem elaboradas). O segundo foi a onda naturista que ocorreu após a revolução comportamental dos anos 60.
De qualquer maneira, a salada é um ponto importante dentro da culinária mundial. Não existe povo que não possua saladas em seu receituário.
A qualidade das saladas está relacionada ao frescor de seus ingredientes, pois são compostas basicamente por folhas e verduras in natura. Outros ingredientes importantes nas saladas são os molhos e vinagretes, estes últimos mais comuns. Atualmente outros produtos são usados nas saladas, como o crocante de bacon e os croutons.
Vários aspectos devem ser levados em conta na montagem de saladas:
-A salada nunca deve ser guardada com molho ou vinagrete, estes queimam e murcham as folhas.
-Saladas não devem ser compostas por pedaços grandes de ingredientes, pois os vinagretes e molhos contêm uma quantidade grande de gordura, fazendo com que estes ingredientes escorreguem fácilmente do prato ao serem cortados.
-Temperar a salada antes de se colocar molho ou vinagrete.
-Nunca deixar a salada no prato esperando para ser servida. A temperatura elevada de uma cozinha tira o viço da apresentação.
Existem três ténicas de se colocar molho ou vinagrete em saladas:
1-Tossar: Esta técnica é a mais correta para se montar uma salada. Consiste em colocar todos os ingredientes juntos em uma cuba, temperar com sal e pimenta (branca, moída na hora) e adicionar o molho ou vinagrete, misturando tudo antes de se colocar no prato ou levar à mesa.
2-Cobrir: Consiste em arrumar a salada no prato e depois espalhar o molho por cima. É utilzada em eventos que contam com uma grande quantidade de convivas, em que se é servido à Francesa.
3-À parte: Monta-se a salada e se leva à mesa com o molho ou vinagrete ao lado.
Molhos são aquele que têm como base a proteína animal, tais como: creme de leite, queijos cremosos, etc. Um dos mais conhecidos entre nós é o molho Blue Cheese, muito popular nos E.U.A.
Os vinagretes são divididos em duas partes:
1-Vinagretes simples: Aqueles que são, basicamente, a mistura de óleo e vinagre, podendo contar com um agente de sabor (vinagretes perfumados).
2-Vinagretes Emulsificados: Que têm, no resultado final, uma consistência cremosa.
As saladas também são divididas em dois tipos:
1- Saladas simples: Apresentam variantes de folhas, podendo conter alguns ingredientes extras, como croutons, bacon, frutas, etc.
2- Saladas compostas: Que usam dois ou mais ingredientes principais, tais como peito de frango, ovo, queijo, camarões, etc., além de folhas verdes ou sem folhas.
Sexta feira que vem continuamos com este capitulo sobre as saladas, com mais dicas, técnicas e receitas de molhos e vinagretes!
Print Friendly

Posts Relacionados

The following two tabs change content below.
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Seja o Primeiro a Votar)
Loading...Loading...